Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Boa Alimentação’ Category

kefir8

2ª matéria sobre Kefir.

Matéria editada na Revista CorpoACorpo

Uma bebida refrescante de leite fermentado que foi cultivada durante muitos séculos pelos povos das montanhas do norte do Cáucaso. A palavra kefir é derivada do turco keif que pode ser forçosamente traduzida como bom sentimento ou sentir-se bem.

Também conhecido como… Cogumelos Tibetanos, Plantas de Iogurte, Cogumelos do Iogurte, Fungo do Iogurte, Lotus de Neve, Kin-oko ou Tane-oko (Japão) ou Tibetanischer Pilz (Alemanha), o Kefir possui uma consistência cremosa espessa uniforme, um leve gosto ácido que refresca e um aroma moderado de levedura fresca. Também tem uma efervescência natural de gosto “carbonatado”. Há cerca de 40 combinações aromáticas, o que contribui para seu sabor inigualável e odor agradável e único. O Kefir pode conter entre 0,08 a 2% de álcool. Para o kefir com 24h de fermentação os valores ficam entre 0,08 a 0,5%.

Como preparar
O kefir é facilmente preparado em casa. O leite fresco cru, pasteurizado ou não, desnatado, semi-desnatado ou integral é colocado em um recipiente apropriado, limpo, com os grãos de kefir. O conteúdo é deixado à temperatura ambiente por aproximadamente 24 horas. O leite fermentado é coado para separar e recuperar os grãos do kefir líquido que são adicionados a mais leite fresco, repetindo o processo. Os grãos de kefir são para sempre. O kefir líquido já fermentado é coado, podendo ser consumido imediatamente ou refrigerado para consumo posterior.

Como são cultivados em ambiente líquido, os grãos se multiplicam. Eventualmente uma parcela deve ser removida para prevenir a superpopulação. Este processo ajuda também a manter uma relação constante entre grãos e líquido.

Os Benefícios
É um alimento facilmente digerível e uma rica fonte de proteínas e cálcio, que pode ser incluído na dieta diária de qualquer pessoa. Em linhas gerais promove uma purificação orgânica que auxilia a saúde e conseqüentemente a longevidade.

Kefir também é rico em vitamina B12, B1 e vitamina K. É uma fonte excelente de biotina, a vitamina B que aumenta a assimilação das outras vitaminas do complexo B. Seus grãos têm propriedades antitumorais, antibacterianas e antifúngicas e seu consumo diário produz bons efeitos em convalescença após doenças graves. Quando se têm afecções crônicas, deve-se beber kefir pela manhã, ao meio dia e à noite, ½ litro por vez. Digestivo, dificilmente produz intolerância ou efeitos colaterais. A ingestão diária de 1 litro de kefir tem efeito comprovado no auxílio do tratamento de:

* Distúrbios nervosos (ansiedade, insônia, síndrome de fadiga crônica)
*
Catarros bronquiais e outros problemas respiratórios
* Alergias (em caso de erupções cutâneas, a ingestão de ½ litro por dia basta e recomenda-se o uso externo, friccionando o kefir nas áreas afetadas e deixando secar na pele)
* Escleroses
* Reumatismo e L.E.R. (lesões por esforços repetitivos)
* Tumores
* Problemas cardiovasculares (infarte e arteriosclerose)
* Problemas de vesícula
* Disfunções hepáticas
* Problemas renais e icterícia
* Doenças do estômago: gastrite, úlceras, regulariza a digestão
* Problemas intestinais: diarréias, intestino preguiçoso ou preso, hemorróidas.
* Problemas de sangue: anemia, leucemia
* Problemas de pele: dermatites, eczemas, lúpus, cândida, psoríase, herpes
* Males do Século: irradiações, exposições a monitores de vídeo, na desintoxicação de poluentes tóxicos
* Excesso de peso: acentua amplamente a assimilação de nutrientes e equilibra de maneira geral as funções do organismo, provoca uma sensação agradável de saciedade, que reduz o hábito de comer por compulsão, depressão ou ansiedade. O kefir, especialmente o de leite, pode ser usado nos lanches entre as refeições, substituindo outros alimentos mais calóricos, mesmo quando batido com frutas e cereais, desde que se evite o uso de açúcar ou mel. No entanto não é recomendada a associação simultânea de kefir com jejum e para os que gostam de jejuar, o uso nestes dias pode ser suspenso. Se alimentar só de kefir é uma atitude errada e contra-indicada.

(mais…)

Anúncios

Read Full Post »

ESTUDO DO APROVEITAMENTO DA CASCA DA BANANA (Musa sapientum, Shum.) NA PRODUÇÃO DE FARINHA

MEDEIROS, R.M.L.; CASCUM, R.M.; PEREIRA, J.F.S.

Trabalho realizado nas dependências dos laboratórios de Engenharia de Alimentos e contou com o apoio financeiro da Universidade Estácio de Sá, Rio de Janeiro

A farinha de casca de banana é um alimento barato, energético e nutritivo.

A pesquisa atuou em sistema de aproveitamento de resíduos da agroindústria, onde foi realizado o estudo do aproveitamento da casca de banana na produção de farinha básica, como fonte suplementar de proteína.

Apresentou:

Teores em MG/kg

AMIDO                                                                  35

Açucares Totais                                                       31

UMIDADE                                                             65

CINZAS                                                                 13

LIPIDIOS                                                               10

PROTEÍNAS                                                          8.80

POTÁSSIO                                                             55,7

SODIO                                                                   67,4

FERRO                                                                   69,4

 

Esses teores, quando comparados aos da polpa de banana, são competitivos, pois a casca apresentou teores elevados de material organo-mineral, amido e carboidratos conferindo, dessa forma, ao alimento altos valores energéticos e nutritivos.

Dessa forma, podemos sugerir que o uso da farinha da casca de banana tanto na elaboração de farinhas mistas bem como ingrediente de alimentos, como pães, bolos e mingau é recomendável.

 

 

Read Full Post »

quinuaquinuapq.jpgquinua2.jpg

A QUINUA.

Descoberto pelos incas da Bolívia e do Peru há 8.000 anos, é um cereal de valor nutritivo altíssimo. “As sementes podem ter o dobro da quantidade de proteínas (em forma de aminoácidos) da maioria dos vegetais, com melhor qualidade”, explica o pesquisador Carlos Spehar, 58, da Embrapa Cerrado, um dos responsáveis pela chegada da quinua ao país.Os estudos mostram que era a base da alimentação dos habitantes daquela região do Peru. Mas ficou um pouco esquecido após o domínio espanhol, que favoreceu a destruição de muitos hábitos ancestrais dos camponeses da região andina. É ótima para substituir o trigo em pão, macarrão, biscoitos e farinhas” com a vantagem de não ter o glúten e poder ser utilizada por pessoas que não podem ingerir o glúten como pessoas com a doença celíaca.É  rica em lisina, aminoácido que ajuda a fortalecer a imunidade e melhora a memória.

(mais…)

Read Full Post »

grao1

O QUE É O KEFIR ?

Kefir é uma bebida fermentada, produzida a partir de microrganismos vivos, assim com o yacult e o iogurte, com a diferença de que não são comercializados, e sim disponibilizados pessoa a pessoa, através de amostras. É uma bebida feita de leite fermentado em temperatura ambiente, entre 10°C e 25°C, por uma colônia de lactobacilos e leveduras fermentadoras de lactose (Kluyveromyces marxianus) e leveduras não fermentadoras de lactose (Saccharomyces omnisporus, Saccharomyces cerevisiae e Saccharomyces exiguus), Lactobacillus casei, Bifidobaterium sp e Streptococcus salivarius subsp thermophilusconhecida como kefir ou “grãos de kefir”. Originária do Cáucaso, só foi introduzida no resto do mundo no início do século XX.

Os habitantes do Cáucaso conhecem o Kefir há muito tempo. Bebem Kefir em vez de água e comem Kefir desde a infância.. Entre eles, pessoas com 110 a 150 anos de idade não são uma raridade. Não conhecem tuberculose nem câncer e não sofrem de problemas digestivos.. Seu nome varia de acordo com o lugar; na América Latina se chama Tibicos (no México essa bebida e outras fermentadas são muito utilizadas); na Europa, chamam cristais japoneses; na Ásia e África, Kefir.

Podem ser colocados no leite, onde fermentam a lactose ou de PREFEERÊNCIA, na água com açúcar, onde fermentam a glicose. O açúcar deve ser o mascavo, por conter menos impurezas e conter mais nutrientes ( principalmente minerais) já que é menos processado.

O metabolismo da colônia de microorganismos consome a lactose e reduz a caseína, albumina e outras proteínas aos aminoácidos que as constituem, além de sintetizar ácido láctico, a lactase e outras enzimas que ajudam a digerir a lactose restante depois da bebida ingerida. Ainda modificam os sais de cálcio para formas mais facilmente absorvidas pelo organismo humano.

O preparado pode ser feito com AGUA ou no Leite de vaca, cabra, ovelha, búfala, égua e até de camela. Diferentemente do iogurte que é fermentado apenas por lactobacilos, o kefir exige temperaturas mais baixas e é fermentado por mais de quarenta tipos diferentes de microorganismos em sua colônia, incluindo as leveduras (utilizadas na preparação de diversos produtos, dentre eles: pão, cerveja, vinagre, queijo, vinho, chucrute etc).

Os grãos de Kefir multiplicam-se conforme vão sendo cultivados, por causa disso, são tradicionalmente doados e as orientações para seu cultivo são passadas oralmente. O kefir pode ser facilmente adquirido, mas a bebida feita com ele não é encontrada em supermercados. Porém, fazê-la é bastante simples, podendo ser misturada a frutas, mel e cereais e utilizada no preparo das receitas que tradicionalmente levam leite ou iogurte.

(mais…)

Read Full Post »

Reportagem do Diário do Nordeste de 30 de setembro de 2007

 

saudavel.jpg

A cozinha natural tem sido uma opção para aqueles que desejam alimentar-se saudavelmente

Alimentação é um assunto não tão fácil de discutir, talvez, devido a infinidade de opções disponíveis no mercado. Além disso, existem produtos que, preferencialmente consumidos por um público específico, como as gestantes, por exemplo, proporcionam enormes benefícios à saúde. Comida natural? Soja banida do cardápio? Quantas questões não é mesmo? Quem ajuda a esclarecê-las é Fátima Queiroz, farmacêutica química, especialista em indústria farmacêutica e empresária do ramo de alimentação natural em Fortaleza.

 

(mais…)

Read Full Post »